segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Serviço de Orientação Educacional e Psicopedagógica

Caldeirada de Letras
por: Profª Cátia Valéria Gomes

A Dislexia é abrangente e tem raízes pouco conhecidas, mas pode ser contornada ou tratada caso receba cedo a devida atenção da Família e da Escola.
Nascer e crescer implica uma série enorme de desafios a ser superados pelas crianças. Os pais, por sua vez, ficam ansiosos para ver os filhos superando os desafios. Não é sem razão, pois são marcos fundamentais e melhores indicadores de que a criança está se desenvolvendo bem, o que traz alegria, satisfação e maiores expectativas para os próximos desafios ou etapas do Desenvolvimento Infantil da Criança.
Chegado o momento da Escolarização e da Adaptação Social, onde iniciará o processo de aprendizagem, fase em que a criança começa a ter contato ou acesso a outras formas de linguagem, Apresentamos as crianças atividades diversificadas com o objetivo de colocá-la diante da aprendizagem da leitura e da escrita.
A aprendizagem da leitura e da escrita tem mecanismos diferentes e impactantes para a criança e para o profissional que está desenvolvendo o trabalho, que inicialmente visa desenvolver as respectivas habilidades que parece tão simples!Mas sabemos que nem sempre acontece e depende de algumas particularidades de cada criança. O processo de alfabetização bem sucedido confere ao aluno uma espécie de "Certificado" de competência e habilidades para um bom desempenho escolar, pois ler e escrever representa a porta de acesso à possibilidade de uma excelente formação, demonstrando que o aluno está em pleno desenvolvimento satisfatório das áreas: cognitivas, intelectual, sócio-emocional, comportamental, lógico-matemática e criatividade. Porém podem surgir obstáculos que venham impedir ou limitar a aprendizagem da linguagem escrita para alguns e entre outros problemas possíveis, quero então destacar a Dislexia.
A Dislexia é um distúrbio específico de aprendizagem que se caracteriza por uma dificuldade significativa para a leitura, escrita e soletração. O desempenho dessas habilidades está defasado em relação ao esperado, considerando-se a idade e o nível de escolarização da criança. Muitos Especialistas se referem a ela como "Distúrbio Específico de Leitura e Escrita”.
Essa dificuldade não é causada por deficiências sensoriais ou por outros fatores de ordem emocional, socioeconômicos desfavoráveis, falta de oportunidades de aprendizagens, pois somente quando a criança ultrapassa o aprendizado da linguagem oral e passa então para o processo de alfabetização propriamente dito, é que começam a surgir dificuldades que irão aumentando o grau gradativamente, podendo persistir após essa fase inicial, ou seja, apesar de ser uma criança inteligente, de estar diante de uma excelente proposta pedagógica para desenvolver as suas habilidades e competências, apesar de ser uma boa Escola com um Corpo Técnico capaz, da ausência de problemas emocionais ou familiares, da existência de condição econômica favorável, de estar até mesmo motivada, a criança não consegue ler e escrever adequadamente. Posso dizer que esse é o perfil de uma criança candidata ao diagnóstico de dislexia.
A Dislexia é concebida como resultado das diferenças na organização ou funcionamento neurológico envolvido no processo de leitura e escrita, o que podemos também chamar ou entender como Consciência Fonológica.
As alterações encontradas nos mais jovens podem persistir até a vida adulta,com graus variados de complicação.
Pesquisas atuais apontam um déficit na habilidade denominada consciência fonológicas, isto é, a capacidade para compreender e analisar os sons que compõem as palavras, como uma das principais limitações envolvidas na dislexia. Fala hesitante, com troca de letra nos fonemas das palavras; escrita lenta, normalmente com muitos erros; e leitura com inversões de ordem e omissão de parte das palavras, são algumas dificuldades encontradas pelos disléxicos.
Ao observar o aluno trazido pela professora e ou também pelo responsável, tão logo início um processo de coleta de dados partindo de observações diárias. Feito isso, preparo um documento de apreciação do aluno contendo dados que foram observados e coletados com a ajuda da professora ou demais professores, funcionários e responsáveis pela criança. Encaminho o aluno através do responsável de posse desse documento para um profissional especializado que possa realizar uma avaliação multidisciplinar, a fim de diagnosticar a dislexia e o grau ou nível de abrangência do problema.

Vale ressaltar que a criança quando não aprende,ela sofre!E muitos pais não conseguem enxergar tal sofrimento e angustia,em razão do desconhecimento do problema ou até podemos chamar de doença ou patologia da aprendizagem.E os pais sem entender e confusos com todos esses sintomas e dificuldades,acabam penalizando á criança por entender como falta de interesse pelos estudos e também penalizam á Escola,tirando o aluno por achar que o ensino é fraco ou que a professora não está preparada para ensinar a criança a ler e escrever. A superação das dificuldades acarretadas pela dislexia dependerá da gravidade do problema, do tratamento especializado, da adequação escola ao perfil de aprendizagem da criança, da conexão da Equipe Escolar com a Equipe Multidisciplinar que estará cuidando, e o apoio e bom entrosamento da Família com a Escola. E acredite em Deus!Melhorar sempre é possível quando estamos abertos para criar condições favoráveis para auxiliar o nosso aluno, o nosso filho (a) a vencer as barreiras e dificuldades. Como Educadora e também especialista responsável pelo atendimento do corpo discente (os alunos) das Unidades Santa Marta, senti o desejo de compartilhar um pouco desse conhecimento acerca da Dislexia, para que pais, professores, estudantes do Curso de Formação de Professores, familiares e amigos, tendo o interesse de ler e conhecer possam ter a certeza de que não é fácil lidar com essas situações.
Mas aqui na Escola Santa Marta e também nas nossas outras Unidades o atendimento tem sido feito com Sucesso!! Não medimos esforços quando o assunto é fazer o nosso aluno (a) subir os degraus, ainda que tenha que ser um de cada vez e bem lentamente.
Agradeço a Deus por manter a sua destra sobre as nossas Escolas, nos abençoando a cada trabalho, a cada conquista de um aluno (a) que aprende a subir a escada da vitória. Eu louvo e engrandeço o nome do Senhor Jesus por essas "Obras" em muitas vidas que passam por nossas mãos.
E se você que acabou de ler,não nos conhece, Venha nos fazer uma visita! E você que já conhece e faz parte dessa Equipe vitoriosa, escreva uma mensagem!
Sem mais, te desejo a Paz!

Carinhosamente,
ProfªCátia Valéria

9 comentários:

Gabriela disse...

Quanto ao conteúdo tenho a dizer que é de grande valia para qualquer leitor. Quanto ao trabalho de orientação que está sendo desenvolvido, ressalto que é realizado por uma pessoa competente, atualizada e acima de tudo humana.
Parabenizo você prof. Cátia Valéria por todos esses anos de dedicação aos pais, alunos e toda equipe das Unidades Santa Marta!
Gabriela.

Michelle disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Michelle disse...

Prof. Catia Valeria parabéns por tudo o que foi escrito e por sua dedicação naquilo que faz, pois irá ajudar a todos que precisam e orientar aqueles que trabalham com crianças q possam ter dificuldades assim!
Que Deus continue te abençoando e te capacitando cada vez mais!
Michelle

amanda.acsr disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
amanda.acsr disse...

Amanda...

O conteúdo ressalta vários aspectos da dislexia, abordando como tratar, ou como professores e pais devem se colocar mediante a esse problema. Quanto à prof.Cátia Valéria parabenizo pelo incentivo de abordar esse assunto de forma tão competente e com certeza orientando de forma bem clara e atualizada. Parabéns Deus te abençoe nessa sua caminhada!
Amanda

Waleska Vieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Waleska Vieira disse...

Adorei o artigo, muito rico e de fácil entendimento para orientação de todos.
Fico muito feliz, pois o conhecimento que lhe é dado, você repassa através de palavras gestos e atitudes.
É por isso e muito mais que a cada dia temos crescido, por seu interesse, zelo, amor, e dedicação.
Posso garantir e provar que as Unidades Santa Marta tem sido alvo de elogios, alegria e satisfação, mas não teríamos conseguido isso sem seu auxílio.
Como em uma partida de futebol, para que serve o técnico?
O técnico, é experiente, orienta e faz a formação de uma equipe para como atuar.
Tem uma visão ampla de como se portar e planejar estratégias para a vitória.
E quando os jogadores estão em campo, ele esta do lado de fora, torcendo, vibrando e o mais importante,acreditando na vitória.
Obrigada por tudo.
Te amo.

Millene disse...

Que Deus continue te capacitando e te dando oportunidades únicas para que você possa sempre transmitir seus conhecimentos de diversas formas. Acredito que esse blog será um canal de aprendizagem, não só para nós professores, mas também para muitos pais e jovens que tem acessado esse blog, esse canal de bençãos. Um grande beijo. Millene

Escola Santa Marta disse...

Olá Amadas,
Quero agradecer o carinho de vocês através dos depoimentos descritos.É muito bom recebermos esse amor,misturado com reconhecimento e admiração que nutrimos uma pela outra, com as bençãos do Senhor que nos capacita a cada dia no exercício de amar e reconhecer o valor do outro em nossas vidas.Engrandeço o nome do Senhor pelo Dom que ele me deu, e agradeço vocês por terem lido o Artigo que escrevi sobre Dislexia.
Amo vocês!Obrigada!!!